UVA e UVB são tipos de raios ultravioleta nocivos à saúde. Saiba como proteger a sua pele do sol e aproveite para se divertir.

Entenda a diferença entre proteção UVA e UVB

UVA e UVB são dois tipos de raios ultravioleta nocivos à saúde. O UVB pode provocar queimaduras e câncer de pele, além de ser responsável por alergias. Os raios UVB penetram superficialmente na pele, causam vermelhidão e a sensação de ardência.

Os raios UVA são responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele e também podem causar câncer. Para se ter uma ideia, um histórico de cinco queimaduras solares por década pode aumentar em cerca de três vezes o risco de desenvolver câncer.

Na praia, onde a exposição ao sol é maior, os cuidados devem ser redobrados. Os dermatologistas sugerem a escolha do fator de 30 a 50. Deve-se reaplicar o produto a cada duas horas, após o contato com a água ou suor excessivo.

Chapéu, óculos e guarda-sol ajudam na proteção, mas não são suficientes. É importante lembrar que as nuvens não bloqueiam os raios nocivos e, se estier na praia, os raios são refletidos pela areia e pela água.

Exposição ao sol

Evite a exposição solar entre 10h e 15h e capriche na hidratação corporal, principalmente após a exposição solar mais intensa. A proteção solar deve ser uma preocupação o ano todo, mesmo no inverno. Por isso, adote essa rotina como um cuidado de beleza, mas também com a saúde.

O protetor solar atua como uma barreira química que absorve os raios UV, impedindo que eles danifiquem a pele. Protetores que formam uma camada opaca sobre o corpo atuam também como uma barreira física, refletindo a luz solar. Ao comprar um protetor solar devemos procurar produtos que ofereçam proteção tanto contra os raios UVA como contra os raios UVB, além de escolher um FPS adequado ao nosso tipo de pele.

Fonte: Beleza e Saúde