Preparação para amamentação deve ser feita durante a gravidez

Preparação para amamentação deve ser feita durante a gravidez

Amamentar é um ato de amor e a mamãe pode se preparar para esse momento ainda durante a gestação. Durante a gravidez, a glândula mamária da gestante prepara-se naturalmente para a amamentação, pois os ductos mamários desenvolvem-se e os seios crescem.

Existem técnicas que ajudam a fortalecer o bico do seio e estimulam as glândulas mamárias, tudo para evitar problemas na hora da amamentação. Além disso, com indicação médica, massagens também ajudam a preparar o bico do peito, pois evita rachaduras e facilitam a “pega” correta do bebê.

O ideal é fazer a higienização do seio durante o banho. Existem cremes e pomadas para o bico do seio que podem ser utilizados sob orientação médica e de um farmacêutico. Eles ajudam a cicatrizar rachaduras e hidratar o local.

Ainda durante a gestação, informe-se com seu médico sobre todos os procedimentos e cuidados. Quando o bebê nascer, procure colocá-lo na posição correta para amamentação, isso diminui as chances de ocorrer desconfortos e dores.

Após as mamadas, não lave os bicos com sabonete. Seque-os sem esfregar e deixe-os terminar de secar naturalmente (fora do sutiã). Uma dica é que você hidrate os bicos do seio com o seu próprio leite antes e depois de cada mamada.

Veja alguns benefícios da amamentação

Benefícios para a mãe Benefícios para o bebê
Combate a hemorragia pós-parto e acelera a recuperação da mulher Previne doenças e diminui a taxa de mortalidade do bebê
Facilita a perda de peso Diminui as chances do bebê ter alergias
Diminui o risco de câncer de mama, endométrio e de ovário Diminui a cólica dos primeiros meses
Acalma o bebê
Diminui o risco de desenvolver diabetes tipo 2 na mãe O leite está na temperatura correta e por isso não há perigo de queimar o bebê
Não é necessário esterilizar nenhum utensílio e por isso pode acontecer em qualquer local Diminui o risco do bebê ter doenças mentais

 

Fonte: Tua Saúde